Da caneta ao reconhecimento facial: a evolução do registro de ponto - Totalseg

Henry

Secullum

Whatsapp

Novidades


28/11/2018

Da caneta ao reconhecimento facial: a evolução do registro de ponto

Com o avanço tecnológico e mudanças na legislação, a maneira de os colaboradores registrarem a jornada de trabalho foi...


Com o avanço tecnológico e mudanças na legislação, a maneira de os colaboradores registrarem a jornada de trabalho foi aprimorada e permite uma gestão mais ágil e transparente.

 

A gestão de presença é prevista no artigo 74 da CLT, que passou por atualizações após a Reforma Trabalhista. O registro de ponto de funcionários passou a ser difundido em meados de 1930, a partir da necessidade da indústria de controlar o horário dos empregados. Inicialmente, quem registrava os horários de entrada e saída de cada pessoa era um funcionário que olhava o relógio e anotava. Eventualmente, os próprios colaboradores das empresas passaram a fazer esse registro no livro ponto.

 

Com o passar dos anos, passou-se a utilizar o relógio ponto, no qual o colaborador inseria um cartão de papel e carimbava data e hora das entradas e saídas. Entre o fim dos anos 90 e o início dos anos 2000, o papel deu lugar ao cartão magnético, utilizado até hoje em algumas organizações. Os colaboradores passam o crachá de identificação com código de barras em um relógio ponto eletrônico para efetuar o registro.

 

Com a inovação tecnológica foi possível evoluir em relação às formas e equipamentos utilizados para o registro de jornada de trabalho. O que trouxe um novo status para a gestão de ponto, que passou a auxiliar as empresas também na tomada de decisões. As novas ferramentas utilizadas pelas organizações contam com tecnologias como Internet da Coisas (IoT), Cloud Computing (Computação em Nuvem) Inteligência Artificial, Reconhecimento Facial e geolocalização.

 

A tecnologia cloud, por exemplo, possibilita que as informações sobre os colaboradores e os registros de ponto fiquem hospedados na nuvem e sejam acessados em tempo real pelos gestores de qualquer lugar, a qualquer momento.

 


• Novas modalidades de Registro de Ponto

Nos últimos anos, as empresas podem contar também com outra forma alternativa para realizar o registro de presença dos colaboradores: através de aplicativos para dispositivos mobile. Com eles, a captura das batidas é feita por reconhecimento facial e também é registrada a localização do funcionário (no caso de colaboradores externos) no momento da batida de ponto.

 

O registro via Reconhecimento Facial é tão simples quanto fazer uma selfie. Com a câmera do smartphone, o colaborador faz uma foto que é comparada e validada com a imagem original no app. A leitura da biometria facial é feita com base em mais de 70 pontos do rosto. A tecnologia pode ser utilizada por funcionários que atuam fora da empresa ou em home office, casos cada vez mais comuns. Como podem fazer o registro pelo celular de qualquer lugar, tanto empresa quanto funcionário ficam resguardados juridicamente. E a empresa passa a saber se o funcionário está trabalhando em tempo real.

 

Além de causarem mudanças na gestão das empresas, as inovações estão transformando o modo como as pessoas trabalham e se relacionam. Assim como no passado não se imaginava que a tecnologia de registro de ponto chegaria onde está atualmente, muitas novidades e profundas mudanças ainda devem surgir.

 

Fonte: IT Forum 365

< Voltar

Veja Também


ENTRE EM CONTATO



Totalseg - Belém
Fone: (91) 3299 0800
Endereço: Tv. Dom Romualdo de Seixas, nº351/353A - Umarizal - CEP 66050-110 - Belém-PA - Ver no mapa

Totalseg - Manaus
Fone: (92) 3622 8080
Endereço: Rua Cândido Mariano, nº188 - Centro - CEP 69020-300 - Manaus-AM - Ver no mapa
Beatek Pro Eletronic Secullum Henry BraParking Mauser

Copyright 2013 - Todos os direitos reservados